domingo, 21 de fevereiro de 2010

I Domingo da Quaresma


" Nem só de pão vive o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus". Mt. 4, 4


Entramos na Quaresma, tempo forte de oportunidades e de graça. Tempo em que somos convidados a deixar-nos conduzir, como Jesus, para o deserto, ainda que no ritmo da nossa vida quotidiana.
Jesus foi conduzido pelo Espírito… Incarnando a nossa humanidade, Jesus vive tudo aquilo que nós somos convidados a viver.
Na Quaresma, somos em cada ano convidados, ao jejum, à partilha, à oração, isto para que nos possamos encontrar mais e mais com Deus.
No deserto, diz a Escritura: “Jesus é tentado”. As tentações mais facilmente acontecem nos momentos de fragilidade e fraqueza… Se somos conduzidos pelo Espírito, nos momentos de fraqueza, é Ele que connosco tem a palavra; se não somos conduzidos pelo Espírito, a fraqueza acaba por se impor.
As tentações a que estamos sujeitos, estão muito presente na cultura e mentalidade de que fazemos parte e resumem-se na trilogia: TER, PODER e GLÓRIA.

É interessante como o diabo se serve da Escritura para tentar! Mas Jesus com muita sabedoria e liberdade escolhe o BEM.
E nós? Quais as tentações a que estamos sujeitos? É importante termos em conta que as tentações em si, são neutras e a matéria para que tendem não são necessariamente negativas: quando se trata de coisas ou opções que são objectivamente más, nós rejeitamos, não queremos o problema!

A dificuldade é quando o mal vem sob a aparência de bem, ou mais ainda, quando é um bem mas não é para mim aqui e agora e não me faz bem para o meu estado ou as minhas circunstâncias. Dar-se conta disto, implica discernimento, oração, alimentarmo-nos e deixarmo-nos guiar pelo Espírito.

Quando me alimento, não me alimento sozinho, para mim; alimento-me para os outros, no exercício da liberdade interior – Não dar primazia ao imediato.
O Jejum e a abstinência não passaram de moda. Também a partilha está directamente proporcional a este exercício da abstinência e do jejum. Estejamos pois muito atentos ao modo como as tentações acontecem… Ter tentações não depende tanto de nós, de nós depende não cair nas tentações.
Peçamos ao Senhor que nos ajude a superar as tentações vivendo esta Quaresma em atitude de liberdade e escuta da Sua Palavra.

Notas tiradas da homilia do P. Francisco Rodrigues, sj
(por Alice Matos)


Informações úteis

  • Durante este tempo quaresmal, todas as sextas-feiras, às 15:30, será celebrada a Via-sacra.
  • Na próxima quarta-feira, dia 24 de Fevereiro, terá lugar mais uma sessão do curso de Bíblia, orientado pelo Padre Hermínio Vitorino. O curso tem início às 21:15 e terá lugar na sala Inácio de Loyola.
  • Quaresma tempo de maior oração e partilha. Já se encontram junto às portas da Igreja envelopes para o Contributo Penitencial e Renúncia Quaresmal. Como se sabe, o contributo penitencial destina-se às actividades apostólicas da Nossa Diocese, concretamente o Seminário. Quanto à Renúncia Quaresmal, por determinação do nosso Bispo, destina-se à “Fazenda da Esperança” cujo projecto está a ser desenvolvido na nossa diocese, na Paróquia de Maçal do Chão, Arciprestado de Celorico da Beira. Trata-se de um Centro de Acolhimento de pessoas atingidas por várias espécies de falta de esperança.
  • Na próxima terça-feira, dia 23, às 21,15 horas, haverá reunião para os pais-encarregados de educação do 2º nível da catequese afim de se preparar a Festa do Pai-Nosso. É requerida a presença de pelo menos um dos encarregados de educação.
  • A nossa Comunidade Paroquial fará uma proposta de preparação quaresmal dirigida aos jovens, com o objectivo de favorecer uma experiência espiritual e de encontro com Deus, conhecer e ter contacto com a espiritualidade inaciana. Serão cinco encontros com duração de uma hora (21h15 às 22h15), na Sala Santo Inácio de Loyola. Foram pensados pelo Irmão Eudson Ramos, Jesuíta, e serão organizados por ele e pela equipa animadora do Grupo de jovens. O primeiro encontro será já na próxima sexta-feira, dia 26/02. (para mais informações ver boletim paroquial Mar da Galileia).
  • Na próxima sexta-feira têm início as conferências Quaresmais. Estas serão às sextas-feiras, terão lugar no Centro Social e Cultural, às 21.30; excepto a última, proferida pelo Sr. Bispo, D. Manuel Felício, que será em S. Tiago.

Um comentário:

Anônimo disse...

Hoje passei e parei uns momentos.Que vejo? Uma Comunidade cheia de vida e movimento, como a que me viu crescer.Sabe muito bem passar de vez em quando para recordar, reviver e depois deixar que do coração brote a oração de gratidão ao Senhor de tudo e todos. Que naravilhoso, gostei deste bocadinho e fico unida a todos os meus conterraneos que nem a chuva ou frio os para de vever em cheio cada dia. A todos uma Santa e feliz Quaresma e à Comunidade dos Padres Jesuítas vai o meu agradecimento pelo bem que sempre recebi.A todos tenho no coração.Paroquiana e conterranea