domingo, 14 de setembro de 2008

A Comunidade


Pe. José Augusto Alves de Sousa, sj

Veio ter à Covilhã, depois de 44 anos de missão em Moçambique.

Nasceu na freguesia de Magueija, concelho de Lamego, em 8/12/1933. Ingressou na Companhia de Jesus em 7/09/1952. Fez os primeiros votos em 7/10/1954. Depois de cursar 3 anos de juniorado na casa de Soutelo, Vila Verde, frequentou a Faculdade de Filosofia de Braga de 1957 a 1960. A 3 de Setembro desse ano embarca no barco Pátria rumo a Moçambique para fazer a etapa do Magistério na Companhia.
Passou pela missão da Fonte Boa onde aprendeu a língua cinyanja, um língua falada no planalto da Angónia, junto do Malawi. Depois foi prefeito e professor da escola de Boroma, a missão mais antiga dos Jesuítas no 3.º período de missão de 1881 a 1910. Regressou de Moçambique e ingressou na Faculdade de Teologia de S. Cugat del Vallés em Barcelona.

Ordenou-se sacerdote na igreja do Colégio de S. João de Brito em Lisboa, juntamente com mais 8 Jesuítas, a 3 de Julho de 1966. Feito o 4.º ano de teologia, para obtenção de licenciatura, partiu para a Bélgica onde estudou ciências religiosas de 1967 a 1968.

Regressou a Moçambique a 20/08/1968 e foi de imediato nomeado vice-director do Centro Catequético de Nazaré destinado à formação de catequistas com duração de 2 anos. Foi nomeado Vigário Geral da diocese da Beira em 8/06/1971. Em 1975 é nomeado vice-provincial da Companhia de Jesus em Moçambique, cargo que exerceu até 1981. A seguir foi pároco da paróquia de Matacuane e Vigário Episcopal da pastoral da diocese da Beira.
Como testemunho pessoal pensa que o trabalho, que mais o comprometeu na sua vida, foi o dedicado à causa da paz quando exerceu o cargo de secretário nacional da comissão justiça e paz e conselheiro da Caritas moçambicana. Tanto o cargo de superior da Companhia, como estes dois últimos que referiu, deram-lhe um conhecimento de África que considera ser uma grande graça na sua vida.

Actualmente está em Portugal, por falta de saúde e não poder regressar a Moçambique, e exerce o cargo de capelão do Centro Hospitalar da Cova da Beira, Covilhã. Exerce também o cargo de Superior da Comunidade da Covilhã


Pe. César Gonçalves Cavaleiro, sj
Nasceu em Vilar Formoso no dia 25 de Setembro de 1926. Começou a frequentar a Escola Apostólica, em Macieira de Cambra, em Setembro de 1938. Em 1943, no dia 7 de Setembro, é admitido no Noviciado da Companhia de Jesus, no Mosteiro da Costa em Guimarães. Fez os primeiros votos a 13 de Novembro de 1945. Estuda depois 3 anos de Filosofia em Braga e segue para Soutelo onde fica de 1951 a 1953. Nesse ano vai para o Instituto Nun´Alvres, nas Caldas da Saúde (Santo Tirso).

Inicia os estudos da teologia na Universidade Pontifícia de Comillas, em Santander (Espanha), no ano de 1954. No ano seguinte passa para Granada onde conclui os estudos de teologia. É ordenado sacerdote no dia 15 de Julho de 1957, em Granada. Em 1958 faz a terceira provação e no ano seguinte regressa ao Instituto Nun´Alvres. Um ano depois regressa a Soutelo onde trabalha com o Juniorado e Postulantado da Companhia de Jesus. A 2 de Fevereiro de 1961 faz a profissão religiosa. Está depois, convalescente, na residência dos Jesuítas da Covilhã onde permanece até 1963, data em que regressa ao INA onde permanece durante uma década.

Em Agosto de 1973 parte de Lisboa para Moçambique (Zóbué). Regressa a Portugal em 1984, ficando a residir em Lisboa. Em Novembro de 1987 muda-se para a residência do Sagrado Coração de Jesus na Covilhã, colaborando nos diversos ministérios da paróquia de S. Pedro.




P. Hermínio João Neves Vitorino, sj

É com muita alegria que vos informo que sou um Ilhéu-Açoriano! Sou o sexto filho de uma família de 9 irmãos e irmãs. Nasci o dia 31 de Julho (dia de Santo Inácio de Loyola) de 1966, na aldeia de Santo António, na Ilha de S. Jorge – Açores, Diocese de Angra do Heroísmo.

Estudei na Escola Preparatória de Velas, depois ingressei no Seminário Intermédio-Maior De Angra do Heroísmo, na Ilha Terceira, onde permaneci vários anos, e ainda hoje guardo boas recordações e tenho vários amigos, Padres Diocesanos, dessa época. Depois de algum tempo de discernimento, decidi mudar e entrar na Companhia de Jesus, em Setembro de 1990. Durante os dois anos seguintes fiz o Noviciado em Coimbra, depois estudei Filosofia em Braga de 1992 – 1996.

Em Setembro de 1996 fui enviado para a Missão de Fonte Boa, na Diocese de Tete, em Moçambique, onde fiz o Magistério (dois anos de estágio – pastoral) durante dois anos aproximadamente. Durante esse tempo dei aulas de Português, numa escola do Estado, colaborei e fui responsável de um Internato Masculino, com 200 adolescestes e jovens, que estudavam naquela escola.
De Setembro de 1998 a Junho de 2003 estudei Teologia, licenciando-me em Missiologia, na Universidade Gregoriana. Fui ordenado Diácono em Roma, em Abril de 2001, e Sacerdote na Igreja de São Roque, em Lisboa, no dia 06/07/2002.

Regressei a Portugal, em Julho de 2003 e recebi a missão de ir colaborar na Pastoral da Paróquia de Cristo Rei, no Pragal-Almada, (junto ao Cristo Rei), Diocese de Setúbal, e de ser professor de Educação Moral e Religiosa Católica numa escola dos bairros sociais do Monte da Caparica.

De Setembro de 2006 a Junho de 2009 pertenci à comunidade Jesuítica da residência do Sagrado Coração de Jesus, na Póvoa de Varzim, Diocese de Braga, onde colaborei na Basílica dedicada ao Coração de Jesus. Porém durante estes quase três anos, tive 2 saídas, uma de Novembro de 2007 a Julho de 2008, para Moçambique onde trabalhei na catedral da cidade de Tete, e nas Missões de Fonte Boa e de Mesaladzi, pertencentes à Diocese de Tete.

A segunda saída foi de Setembro de 2008 a Abril de 2009, para fazer a Terceira Provação, (última fase de formação de um Jesuíta), em Salamanca, Espanha.

Quando voltei de Espanha fui enviado para a Covilhã, paróquia de S. Pedro, onde me encontro desde o dia 18 de Junho de 2009. Eis-me aqui para estar e colaborar convosco!
Deus seja louvado por todas estas experiências de vida em abundância

Nenhum comentário: