segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

O Adeus da Covilhã à Imagem Peregrina de Fátima


Foi sob chuvas intensas e um frio avassalador que no dia 1 de Fevereiro se celebrou a despedida da Imagem Peregrina de Fátima. A Eucaristia foi presidida pelo Sr. Bispo D. Manuel Felício, e celebrada ao ar livre, no santuário do Monumento a Nossa Senhora.

Apesar de se sentir um esforço do presidente da eucaristia para que a celebração não se prolongasse demasiado, as centenas de pessoas presentes, durante cerca de 1 hora e 30 minutos, viveram a celebração com emoção de fé, uma fé à prova de chuva, de frio, de intempéries. Como concelebrante, ao distribuir a comunhão, senti que era comovedor, ver que apesar do clima que se sentia, as pessoas viviam uma relação de afecto caloroso com Deus, através de Maria.

A Imagem Peregrina de Fátima chegou ao Arciprestado da Covilhã no passado dia 4 de Janeiro e permaneceu até ao dia 1 de Fevereiro, percorrendo todas as comunidades paroquiais do Arciprestado. Na missa conclusiva foi referido o bom acolhimento e vivência de fé sentida em todas as comunidades, particularizando-se a passagem da Imagem Peregrina no hospital e estabelecimento prisional da cidade, locais onde se sentiu particular emoção na vivência da fé.

A visita da Imagem peregrina antecedeu a visita Pastoral que o Bispo da diocese, D. Manuel Felício, tem agendada de 3 de Fevereiro a 5 de Abril, ao Arciprestado da Covilhã.
Padre Francisco Rodrigues, s.j.

Um comentário:

Anônimo disse...

Nao estive na despedida!
Mas fui fazer uma visita a capela do Refúgio, que estava repleta, e todas as pessoas com muita devoção cantavam o terço a Nossa Senhora.
Gostei muito, senti-me muito bem, sai aliviada.
Não resisti e tirei uma foto (creio não quebrei o encantamento com que todos oravam) que já a vi várias vezes.
Fez-me bem a visita com Maria.

Maria do Céu